Como enfrentar os desafios da crise económica

Como enfrentar os desafios da crise económica

Muita gente começa já a pensar que esta história do “problema da economia” pode vir a ser bem pior do que se pensava.

A minha ideia (e isto não passa da minha opinião) é que iremos atravessar durante anos uma época difícil.

Qual é o melhor meio de se proteger a si mesmo?

Bem, conheço duas estratégias básicas a adoptar quando as situações são aquelas que todos atravessamos:

1) Produzir mais

2) Gastar menos

E recomendo que se adoptem AMBAS.

O MELHOR caminho para singrar na vida é conseguir-se permanentemente mais, com o esforço que já se está a fazer.

Ou seja, trabalhar INTELIGENTEMENTE.

Claro, todos podemos trabalhar um pouco mais, mas não conseguimos trabalhar mesmo AQUILO a mais. Os “grandes ganhos” na vida conseguem-se descobrindo como conseguir fazer mais em menos tempo e com o mínimo de esforço.

Muito do esforço que tenho desenvolvido ultimamente, visa estudar especificamente como me devo gerir a mim próprio e ao meu tempo da melhor maneira – para que possa beneficiar o MÁXIMO possível do tempo e trabalho investido.

A minha experiência diz-me que posso fazer MUITO mais do que sempre pensei ser possível, bastando-me para isso saber COMO.

Quando se interroga alguém individualmente ou em grupo dizendo:

“Pensa que está a trabalhar com 100% de eficiência?”

…quase TODOS respondem:

“Não.”

Todos sabemos que não estamos a trabalhar no nosso “pico de eficiência” – sabemos apenas que podemos conseguir fazer mais com o MESMO tempo e esforço aplicados… simplesmente não sabemos como fazer para:

1) Parar de fazer coisas que são improdutivas

2) Parar com as interrupções e distracções

3) Permanecer concentrados nas coisas que mais interessam

Se me tem lido até aqui, e está COMIGO neste desiderato – e SABE que poderia (e DEVERIA) conseguir fazer mais, tendo em conta a quantidade de trabalho desenvolvido, então recomendo-lhe vivamente que volte aqui nos próximos dias para seguir um programa de treino e dar AQUELE salto de produtividade que almeja.

This entry was posted in Dicas. Bookmark the permalink.