Nofollow não conservam Pagerank

Links Nofollow não conservam Pagerank

Google pela boca de um dos seus mais conhecidos representantes na blogosfera, Matt Cutts, revelou num encontro tido num painel do encontro SMX Advanced, que as preocupações de muitos especialistas SEO com a utilização da notação “NOFOLLOW”, eram despropositadas. A revelação foi tão ambígua que deixou campo para muitas interpretações, tendo posteriormente esclarecido no seu blog que a Google tinha deixado há cerca de um ano de dar qualquer importância àquilo a que chamou de “PageRank sculpting”.

Queria com isto dizer que todos aqueles esforços feitos para que os links enviados para o próprio site com “NOFOLLOW”, não produziam qualquer benefício no PageRank de uma página.

Acrescentou ainda que estranhamente, tendo em atenção que esta medida tendo sido tomada já há um ano, nenhum dos peritos que seguem estatisticamente a flutuação das indexações da Google, tenha sido capaz de se aperceber disso.

Do mesmo modo, aconselhou que se um site está até agora a conseguir os objectivos pretendidos, como seja uma boa indexação, não faz sentido ir-se agora perder tempo a reverter a situação, já que o efeito produzido seria despiciendo. A única justificação para se continuar a utilizar “NOFOLLOW” no próprio site, é para o acesso a “Feeds”. Claro que se exceptuam as situações como quando temos link para outro site, ao qual não queremos passar PageRank, continua a ser aceitável que se utilize o “NOFOLLOW”.

Deixe fluir o PageRank naturalmente

Justifica estas medidas com o desejo de que os sites devem fazer fluir o PageRank normalmente, sem se estar com preocupações de moldar artificialmente, a força dos links que saem de cada página. Assim, mesmo quando num site o “NOFOLLOW” era usado em links para páginas menos importantes como Contacto, Privacidade ou Termos de Serviço, é aconselhado a que não se faça isso pois não vai haver qualquer benefício.

Até agora, a utilização de “NOFOLLOW” visava evitar que os links repetidos ou dirigidos a páginas secundárias do nosso site, fizesse perder PageRank na página onde estavam colocados. Como exemplo, suponhamos que uma página tem dez pontos de PageRank e nela temos colocados dez links. De cada um destes links, flui 1 ponto de PageRank. Com o “NOFOLLOW” pretendia-se que se nesses 10 links, houvesse 3 para os quais não queríamos perder PageRank, só iríamos perder 7 pontos, conservando na página os outros 3.

O que agora vem ser esclarecido é que, tendo esses 3 links com “NOFOLLOW”, o PageRank perde-se na mesma, já que ele não fica na página. Presume-se que volte ao Index e seja de novo distribuído por todas as páginas indexadas.

O que há a fazer agora que se sabe destas particularidades? Não valendo a pena fazer a retificação das páginas já publicadas, é de boa política deixarmos de nos preocupar com o “NOFOLLOW” para as páginas do próprio site, e continuar apenas a utilizá-lo nas situações em que temos links externos em que não queremos beneficiar com PageRank o site de destino.

This entry was posted in SEO. Bookmark the permalink.